Mulheres Coloridas

No ano de 2004 criamos o departamento de cultura e esporte LGBTQIA+ e nossa primeira ação foi realizar uma pesquisa da situação desta comunidade nas periferias de Fortaleza após o estudo identificamos a extrema urgência em na organização de um grupo de voluntárias, mulheres lésbicas, bissexuais e trans das periferias de Fortaleza.

Criado o Grupo Cultura LGBTQI+ Arte de Amar passamos a criar e executar projetos como:

Arte de amar – Ponto de Cultura LGBTQI+, Biblioteca Comunitária – Cine Clube – Esporte Colorido –Parada Pela diversidade Sexual de Messejana – Agencia Perifa em Pauta – Mulheres Coloridas – TV Web Arte de Amar entre outros.

O Projeto Mulheres Coloridas tem o objetivo de oportunizar essas artistas da Noite e lhes dar mais Visibilidade, apoio e acompanhamento. O projeto também conta com um evento em cada edição onde são escolhidas mulheres Lésbicas, Bissexuais e Trans, Militantes  e que se destacam por sua luta contra o preconceito.